Buscando compreender o comportamento do terrorista, Carla Sofia Felix em Breve incursão histórica, social e psicológica sobre o terrorismo, escreve: Contrariamente,
a motivação de um terrorista é de natureza ideológica, política e
social, prevalecendo talvez esta última, dado o sentimento gregário e a
necessidade de ser aceito por um grupo, fazer parte de uma comunidade
ser escolhido e reconhecido como alguém que tem determinado papel e
desempenha determinada função. São motivos suficientes que originam a
adesão a seitas ou a grupos extremistas. Matar em troca da própria vida
constitui honra suprema por uma causa considerada justa e sob constante
alegação de luta do bem contra o mal (p.169)
Se fossemos resumir, apontaríamos como argumento central da autora a alternativa:

1

Respostas

2013-11-20T14:07:19-02:00
A resposta certa é esta: As ações terroristas são geralmente desencadeadas em grupo e pressupõem comando ou liderança grupal, na luta do bem contra o mal.
7 4 7
certamente que esta correta garota!!!
Resposta Correta.
As ações terroristas são geralmente desencadeadas em grupo e pressupõem comando ou liderança grupal, na luta do bem contra o mal.