Respostas

2013-11-20T14:08:17-02:00
Oi , Aristótales concorda com Platão -  ou seja que a arte analisa criticamente aquilo que entra em contato com a experiência sensível . Para ele só há o verdadeiro conhecimento científico de algo quando conhecemos o elo que  o uniu com sua causa e com isso conseqüentemente  o entendimento do impossível  , o que ele denominou necessidade. Já Granger, define a ciência como um método de pensamento e de ação e isso se distingue o  saber em outras das atividades civilizadas.o irracional estar relacionado ao mundo científico .

2 1 2
2013-11-20T14:38:24-02:00
Para Aristóteles, conhecer cientificamente algo, de modo absoluto e não por mero “acidente”, é fundamentalmente conhecer a causa que o originou, ou seja, só há o verdadeiro conhecimento científico de algo quando conhecemos o elo que o uniu à sua causa e, conseqüentemente, o entendimento da impossibilidade deste ser de outra maneira, o que ele denominou necessidade.Em seu tratado “Segundos Analíticos”, Aristóteles caracteriza a ciência como a arte de buscar conhecimento novo a respeito de certos objetos de estudo, mediante encadeamento lógico de hipóteses ou premissas previamente estabelecidas ou conhecidas. Assim, os dois aspectos que guiam a ciência são: a causalidade e a necessidade.O instrumento, segundo ele, para se chegar a essas novas verdades(ou conhecimento novo a partir de um prévio) é dado pela lógica. A lógica não é classificada como ciência, mas é o que nos leva a raciocinar com eficiência, a partir de conhecimentos anteriores, sobre determinados objetos.