Respostas

2013-11-21T00:23:52-02:00
Prolixidade
É a exposição fastidiosa e inútil de palavras ou argumentos e à sua superabundância. É o excesso de palavras para exprimir poucas idéias. Ao texto prolixo falta objetividade, o qual quase sempre compromete a clareza e cansa o leitor.
A prevenção à prolixidade requer que se tenha atenção à concisão e precisão da mensagem. Concisão é a qualidade de dizer o máximo possível com o mínimo de palavras. Precisão é a qualidade de utilizar a palavra certa para dizer exatamente o que se quer.
PLEONASMO
repetição da idéia em uma mesma frase 
O pleonasmo pode ser tanto ser uma figura de linguagem quanto um vício na escrita. 
Ao contrário de que muitos pensam um pleonasmo pode enriquecer um texto como Vinícius de Moraes o utilizou em soneto da fidelidade: 

"E rir meu riso e derramar meu pranto" 

É óbvio q só se pode rir o riso. Vc ja viu alguém rir um choro? Bem o fato é q usado de maneira correta pode enriquecer uma poesia. 
O pleonasmo passa a ser um vício e se chama redundância quando não um objetivo estilístico ao usá-lo, como: 
subir para cima 
encarar-se de frente 
entrar pra dentro 
ganhar gratuitamente 
Recuar para trás 

Espero ter te ajudado.

1 5 1
2013-11-21T00:27:36-02:00
Prolixidade  - Que usa demasiadas palavras. Excessivamente longo (ex.: discurso prolixo). Aquele texto enrolado, obscuro e quilométrico.

Pleonasmo - é a repetição de palavras ou expressões inteiramente inúteis por nada acrescentarem ao que já foi dito, ou seja, presença de palavras supérfluas na frase. 

Exemplos:  "sonhar um sonho"
                     "entrar para dentro"
                     "sair para fora"
                     "subir para cima"
                     "descer para baixo"
                     "ver com os olhos"
                     "andar com os pés", etc.