Leia o fragmento da matéria abaixo: Quase 3 mil foram resgatados do trabalho escravo em 2012Autoridades veem regularidade na quantidade de casos de trabalho escravo no Brasil, no período dos últimos cinco anos, apesar aumento em comparação com o ano de 2011. Por Guilherme Zocchio, da Repórter Brasil
Números divulgados nesta segunda-feira (13) pela Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo (Detrae), órgão do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), indicam que no Brasil 2.849 trabalhadores foram resgatados de condições análogas às de escravo no ano de 2012. Os resgates decorreram de 255 ações de fiscalização, ao todo, realizadas pelo MTE. O total representa aumento de 14,3% na quantidade de casos de escravidão contemporânea no ano de 2011, quando houve o flagrante de 2.491 vítimas. O ano passado também superou a marca de 2010, que contabilizou 2.628 pessoas resgatadas. Para autoridades engajadas no combate à escravidão, a quantidade de resgatados em 2012 coincide com certa regularidade nos resultados das ações de fiscalização nos últimos cinco anos, mas pode indicar também uma mudança nas características dos casos. [...]
Fonte: http://www.reporterbrasil.org.br/pacto/noticias/view/463, acesso em 16/10/2013

Após análise das informações contidas o texto acima, podemos afirmar que o número de resgate de trabalhadores em situação de trabalho degradante:


obteve o mesmo índice de 2010.

aumentou em 2012.

os números não são relevantes para o Ministério do Trabalho e Emprego.

diminuiu em relação a 2011.

tem mantido regularidade na queda de casos.

1

Respostas

A melhor resposta!
2013-11-22T04:22:21-02:00
Resposta: aumentou em 2012.
3 5 3