Respostas

2013-11-29T19:06:06-02:00
1. crescimento de núcleos periféricos a um pólo, que nem sempre
chegam a atingir plenamente a condição de cidade, pois já nasceram como
subúrbio vinculado a um núcleo central;
2. crescimento contínuo da mancha urbana, sem polarização
definida, em geral formando uma periferia informe de bairros populares ou,
mais recentemente, de bairros de alta renda;
3. cidades médias autônomas e afastadas do pólo central, com
desenvolvimento urbano completo, que acabam integrando-se a uma região
urbana contínua;
4. cidades pequenas, de colonização antiga, muitas fundadas no
século XIX, ou antes, que não participaram dos processos de crescimento do
século XX e que passam a ser absorvidas pela mancha contínua.
Em qualquer dos casos, o processo de absorção, em geral lento,
é, um processo crescente de transformação de áreas urbanas
independentes em "bairros" ou "conjuntos de bairros" de uma área
aglomerada ou metropolitana. Estes bairros caracterizam-se, em primeiro
lugar, por uma tendência crescente à homogeneização socioeconômica em
oposição à heterogeneidade que caracteriza a cidade; em segundo, ocorre
uma crescente polarização pelo centro da aglomeração, e em terceiro, a
inserção do núcleo no esquema geral de segregação espacial das aglomera
ções citadinas.