Respostas

2013-12-10T21:37:52-02:00
A cotação do dólar vem caindo e beira agora 1,65 real. Esse valor é desastroso para os exportadores que recebem menos dinheiro pela mesma quantidade exportada, por outro lado, o fenômeno mundial que deprecia o dólar esquenta a procura por exportações brasileiras: assim, o que o exportador perde no câmbio recupera no volume vendido lá fora. Portanto se perde, não é por conta do câmbio, mas por eventualmente não antever a longo prazo e se adequar via aprimoramento da capacidade logistica a expanção do volume exportado a fim de compensar a nova taxa marginal, por exemplo. 

Como tudo em economia, quando se altera um determinado fator, vantagens e desvantagens podem ser percebidas. 

No caso da valorização da moeda local, o que normalmente ocorre é o estímulo maior às importações (isto é, fica mais "barato" comprar produtos de fora) e a queda nas exportações (pois os preços dos produtos brasileiros no exterior ficam mais "caros"). Se você considerar a nossa balança comercial externa, o resultado aparentemente seria prejudicado, pois a moeda forte "estimula" o mercado a comprar mais e vender menos. Isso é ruim para os nossos exportadores. No entanto, se você considerar nossas indústrias de transformação, que precisam de partes importadas para produzir aqui no Brasil, a valorização da moeda é bastante positiva
1 5 1