Profissão de fé

Invejo o ourives quando escrevo:
Imito o amor
Com que ele, em ouro, o alto relevo
Faz de uma flor

(...)
Torce, aprimora, alteia, lima
A frase; e, enfim, No verso de ouro engasta a rima,
Como um rubim.

Quero que a estrofe cristalina,
Dobrada ao jeito Do ourives, saia da oficina
Sem um defeito:
(...)


E horas sem conto passo, mudo,
O olhar atento,
A trabalhar, longe de tudo
O pensamento.

Porque o escrever - tanta perícia,
Tanta requer,
Que oficio tal... nem há notícia
De outro qualquer.

Assim procedo. Minha pena
Segue esta norma,
Por te servir, Deusa serena,
Serena Forma!
01) A quem o poeta se compara nas duas primeiras estrofes? Porque?

1

Respostas

2013-12-11T15:20:00-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
O poeta se compara ao ourives, que é o profissional responsável por deixar as pedras preciosas mais bonitas. Essa é uma analogia muito adequada, pois o poeta parnasiano se vê como o responsável por polir as palavras, combinando-as da forma mais bonita possível, de modo que parecese uma obra de arte.
3 5 3