Leia, atentamente, o texto abaixo.“Eu reconheço: a maioria está certa em não ler.E tem, no mínimo, 5 razões poderosas , maiores e melhores que meus frágeis argumentos ao contrário:1. Se ler, vai querer participar como cidadão dos destinos do País. Não vale à pena o esforço. Como disse o Lula (que não teve muita escola, mas sempre leu pra caramba), a juventude não gosta de política, mas os políticos adoram. Por isso que eles mandam e desmandam há séculos;2. Se ler, vai saber que estão mentindo e matando montes de jovens todos os dias em todos os lugares do Brasil impunemente; principalmente porque esses jovens não percebem nem têm como saber (a não ser lendo) a tremenda cilada que é acreditar que bacana é mentir e matar também;3. Se ler, vai acordar um dia e se perguntar que diabo é isso que anda acontecendo neste lugar, onde só ladrões, corruptos, prostitutas e ignorantes, aparecem na mídia;4. Se ler, vai ficar mais humano e, horror dos horrores, é até capaz de sentir vontade de se engajar num trabalho comunitário, voluntário e parar de ser egoísta;5. Se ler, vai comparar opiniões, acontecimentos, impressões e emoções e acabar descobrindo que sua vida andava meio torta, meio gado feliz. “TAVARES, Ulisses. Por que o jovem não deve ler. Disponível em: < http://www.casadacultura.org/Literatura/Artigos/g01/porque_jovem_naodeve_ler.html > Acesso em 28 de agosto de 2013.Com o objetivo de justificar o ponto de vista apresentado (‘a maioria está certa em não ler’), Ulisses Tavares lança mão do:

a. Argumento de competência linguística.
b. Argumento de prova concreta.
c. Argumento de valor universal.
d. Argumento de citação de autoridade.

1

Respostas

2013-12-13T21:03:34-02:00
Letra c
c. Argumento de valor universal.

12 4 12