Respostas

2014-01-13T23:09:21-02:00
Bem, espero conseguir satisfazê-las. Vejamos, há 3 princípios básicos da propagação da luz:

* A propagação retilínea da luz - Num meio homogêneo e transparente a luz se propaga em linha reta.

* Independência dos raios de luz - Quando dois raios se cruzam em algum ponto de suas trajetórias, estas, as trajetórias, não são alteradas, cada um mantêm o movimento inicial, como se uma não existisse para a outra

* Reversibilidade dos raios de luz - se o sentido de propagação de um raio for revertido, ele realizará a mesma trajetória, mas em sentido contrário, inverso.

Espero ter ajudado ^^
1 5 1
Sim , estou me esforçando. Obg João.
Vou te adicionar para tu me contar como foi ;)
Ok :)
Mto obg ;))
De nada ;)
2014-01-14T08:13:08-02:00
A rapidez com a qual a luz e qualquer radiação eletromagnética) se propaga NO VÁCUO independe da freqüência da onda luminosa e radiação.

                      Teoria corpuscular da luz
Em 1672, o físico inglês Isaac Newton (fig. 1.1) apresentou uma teoria conhecida como modelo corpuscular da luz. Nesta teoria a luz era considerada como um feixe de partículas emitidas por uma fonte de luz que atingia o olho estimulando a visão.
Esta teoria conseguia explicar muito bem alguns fenômenos de propagação da luz . 

Newton publicou muitos trabalhos no campo da ótica e da matemática. Revolucionou a ciência física formulando as três leis básicas da mecânica e a lei da gravitação universal. Newton descobriu também que a luz poderia se dividir em muitas cores, através de um prisma, fenômeno da dispersão da luz (fig. 1.2), e usou esse conceito experimental para analisar a luz. 

Teoria ondulatória da luz 
No século XIX, o cientista francês L. Foucault, medindo a velocidade da luz em diferentes meios (ar/água), verificou que a velocidade da luz era maior no ar do que na água, contradizendo a teoria corpuscular que considerava que a velocidade da luz na água deveria ser maior que no ar (Newton não tinha condições, na época, de medir a velocidade da luz). 

Na segunda metade do século XIX, James Clerk Maxwell (fig. 1.3), através da sua teoria de ondas eletromagnéticas, provou que a velocidade com que a onda eletromagnética se propagava no espaço era igual à velocidade da luz, cujo valor é, aproximadamente: 
c = 3 x 10 8 m/s = 300 000 km/s 

Maxwell estabeleceu teoricamente que: 
A luz é uma modalidade de energia radiante que se propaga através de ondas eletromagnéticas. 

Hertz, 15 anos após a descoberta de Maxwell, comprovou experimentalmente a teoria ondulatória, usando um circuito oscilante. 

Características de uma onda: comprimento de onda () e freqüência (f). 

A velocidade da onda é dada pelo produto do comprimento de onda , (fig 1.4), pela freqüência, f, ou seja, este produto é constante para cada meio: V = f 1.1 
O que se observa pela relação 1.1 é que quanto maior a freqüência menor o comprimento de onda e vice-versa.