Respostas

2014-01-26T01:52:19-02:00
PARMÊNIDES 
defende uma posição que podemos caracterizar como monista, ou seja..
a doutrina da existência de uma realidade única...
Parmênides parece de fato o introdutor de uma das distinções..
mais básicas no pensamento filosófico..
a distinção entre realidade e aparência...
Assim, o primeiro argumento contra o mobilismo consiste em caracterizar..
o movimento apenas como aparente..
como um aspecto superficial das coisas....
Se, no entanto, formos além de nossa experiência sensível..
nossa visão imediata das coisas, descobriremos, através do pensamento..
e a verdadeira realidade é única, imóvel, eterna, imutável, sem princípio, nem fim..
cotínua e indivisível..
Por isso Parmênides afirma que o ser é esférico.. a
esfera representando o caráter pleno e perfeito do real...
Através do pensamento devemos buscar então a essência da realidade..
aquilo que permanece na mudança: só posso entender a mudança se há algo de essencial ...
que permanece.. e me permite identificar o objeto como o mesmo..
Portanto, podemos dizer que o segundo argumento contra o mobilismo..
é um argumento de caráter lógico, sustentando que a noção de movimento...
pressupõe a noção de permanência como mais básica...
Nesse sentido, o movimento não pode ser tomado como mais básico ..
como primitivo, definidor do real..

2 3 2
Obrigada, obrigada, obrigada ! (: