Para Weber há uma relação direta entre a condição em que se constrói a vida em sociedade e o sentido que se dá a ação social. Para o filósofo, não se pode generalizar o comportamento social e tentar padronizá-lo através de uma classificação. Cada sociedade pode construir diferentes sentidos para o poder político, o trabalho, para a família, enfim, para as diversas instituições sociais. Sobre esta questão julgue as afirmativa abaixo e assinale a alternativa correspondente: 1. Em sociedades, na qual o trabalho tem um valor social significativo e justifica a riqueza construída ao longo do tempo, a disposição ao trabalho pode ser mais forte e permitir uma ação mais intensa quando for necessária uma atividade econômica que exija um maior esforço social. 2. No Brasil, por exemplo, a escravidão não gerou qualquer resistência ao trabalho, ao contrário, intensificou a atividade laboral como uma forma de compensar materialmente a atividade profissional. 3. A relação de trabalho é estudada em diversas obras de Weber, mas a que tem maior peso em sua trajetória é "A Ética Protestante e o Espírito Capitalista", onde o pensador alemão critica o conceito de trabalho das comunidades puritanas, as quais condenavam a atividade laboral como uma prática pecadora. 4. Weber demonstrou em seus estudos que as sociedades de culto cristão católicas são mais propensas a defesa do trabalho como uma atividade digna e são mais abertas às práticas financeiras do que as protestantes. ALTERNATIVAS Somente as alternativas 1 e 2 estão corretas. Somente as alternativas 2 e 3 estão corretas. Somente as alternativas 3 e 4 estão corretas. Somente as alternativas 1 e 4 estão corretas. Todas as alternativas estão corretas.

1

Respostas

2013-04-24T23:51:54-03:00

Somente as alternativas 1 e 4 estão corretas.