Respostas

2014-02-07T15:54:58-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Cara Consuelo, 

Devido às enormes distâncias, custos, falta de civilizações e cidades, acúmulo de metais preciosos, dentre outras características das "terras portuguesas" na América, o território não foi colonizado logo de início, já que o comércio das especiarias trazia lucros astronômicos. 
 
Apenas quando o comércio com as Índias e outros países orientais deixou de ser tão rentável e os portugueses já haviam desenvolvido a tecnologia para o cultivo da cana-de-açúcar nas ilhas de Madeira e Açores, bem como outras nações europeias (especialmente a França) ameaçavam tomar partes do território que hoje seria o Brasil, Portugal promoveu o sistema de capitanias hereditárias como uma tentativa de colonizar o gigantesco território que "possuía" na América, ao mesmo tempo que o governo transferia para particulares os gastos com a colonização.

Desse modo, as razões que levaram os portugueses a investir no cultivo de cana de açúcar foram:

a) Experiência anterior com a agricultura da espécie nas ilhas próximas da África colonizadas pelos portugueses;

b) O clima e o solo eram favoráveis a esse tipo de cultura;

c) O preço do açúcar na Europa alcançava valores que justificavam o enorme investimento necessário;

d) a mão de obra indígena e, principalmente, africana se mostrou capaz de trabalhar nos engenhos e plantações;

e) Foi possível criar uma infraestrutura internacional para a venda e a obtenção dos insumos necessários à produção desse tipo de monocultura;

f) A principal região produtora foi o nordeste das terras que viriam a ser o Brasil, haja vista que, além do clima e do solo, era uma  a mais próxima da Europa que as demais do território.
8 4 8