Alguns estudiosos alegaram que a filosofia grega teria sido influenciada, por sua vez, pela literatura e pelas cosmogonias de civilizações mais antigas do Oriente Médio antigo; de acordo com o classicista Martin Litchfield West, o "[...]contato com a cosmologia e a teologia oriental ajudou [os primeiros filósofos gregos] a liberarem sua imaginação; certamente lhes deu muitas ideias sugestivas. Mas eles ensinaram a si próprios a raciocinar.

Respostas

2014-02-10T17:54:25-02:00
Sendo a Filosofia o estudo das inquietações humanas, nascida em busca dos perquês para os valores morais e estéticos adotados, do conhecimento em si mesmo, de sua formação, da origem do próprio homem e das coisas todas que o circunda, visando à verdade racional, em uma sociedade que explicava tudo a partir de mitos, fica fácil inferir que ela tenha se originado desta inquietação, ou seja. da vontade do homem de descobrir o real significado de cada coisa podendo explica-lo à luz da racionalidade.

A resposta a estas inquietações e indagações humanas, teve registro de seu marco inicial no ocidente com 
 Tales de Mileto +/- 595 a.C. e, desse exercício mental que é o ato de filosofar, ou seja, questionar-se sobre a origem de algo, sua função, as consequências de sua existência, extraiu-se o nome da ciência, dos termos gregos "philos" ou "philia" que significam amor ou amizade; e "sophia", que significa sabedoria; então, filosofia significa literalmente amor ou amizade à sabedoria. 

Espero que o complemento ajude

2014-02-10T20:29:16-02:00
A filosofia grega nasce da ruptura do saber advindo dos mitos, estes serviam como parâmetro religioso e também artístico, essa ruptura no modo de pensar a vida, o cotidiano e a própria realidade aconteceu de modo lento, até que os primeiros filósofos, denominados pré-socráticos ou filósofos da natureza, que baseavam seu conhecimento na observação dos fenômenos naturais e a partir de dado momento não mais era atribuído aos deuses o papel de controle da vida das comunidades e das pólis(cidades-estado). A partir daí surge um tipo de conhecimento inovador (logos), baseado na razão e argumentação deixando de lado a explicação sobrenatural da realidade.
1 3 1