obs: o advérbio não tem flexão de grau no diminutivo. mas observe as sentenças abaixo: Ele chegou (cedinho)=> é usado na linguagem coloquial ou figurada, para dar ideia de tempo.
Maria mora (pertinho)=> bem perto.
Todos saíram agorinha( agora)
obg me ajudou muito
por nada :)

Respostas

2014-02-13T13:43:39-02:00
preposição: é o elemento que liga duas paslavras estabelecendo uma relação de sentido entre esses dois termos,sempre ligando o termo subordinante ao termo subordinado.

principais preposições:

de, com, até, após, contra, entre, sem, para, perante, por, em, desde, sob, sobre, trás, ante, a, etc...

exemplos:

gostava de flores
moravam  em Paris.
saí com meus amigos.
saí após o almoço.
vim para ficar.

obs: sujeito é sempre termo regente
o termo que antecede a preposição é denominado regente( ou subordinante); o termo introduzido por uma preposição é denominado regido( ou subordinado).


Advérbio: é a palavra que, fundamentalmente, modifica o verbo, exprimindo determinada circunstância( tempo, modo, intensidade etc..)

exemplos:

Cheguei cedo.
             advérbio de tempo


Ele estava muito cansado.
             advérbio de intensidade

O povo caminha depressa.
                          advérbio de modo.

    Não permitiram nossa entrada.
advérbio de negação

principais Advérbios:
afirmação:
sim, certamente, efetivamente, realmente, com certeza, sem dúvida, etc..

dúvida:
talvez, quiçá, possivelmente, provavelmente, acaso, decerto, etc..

intensidade:
bastante, demais, menos, muito, pouco, tão, etc..

lugar: aí, ali, aqui, atrás, cá, lá, abaixo, acima, adiante, além, dentro, fora, perto, à direita, à esquerda, etc..

tempo: agora,ainda, amanhã, cedo, já, nunca, tarde, sempre, de manhã, de repente, etc..

modo: assim, bem, depressa, devagar, mal, à vontade, às escondidas, ao léu e grande parte dos advérbios terminados em -mente ( alegremente, ansiosamente,calmamente etc..)

negação: não, tampouco, absolutamente, de maneira alguma, de modo algum, nunca, jamais, etc...

Conjunção:
É a palavra que liga 2 orações estabelecendo uma relação lógica de sentido entre essas 2 orações.
pode ser de:
conjunções coordenativas:
Aditiva ( e, nem, ...)
Maria não estuda e não trabalha

adversativa ( mas, porém, ...)
Ele é católico, porém não acredita no inferno.

alternativa ( ou ...ou)
ou falarei agora, ou não falarei nunca.

conclusiva ( logo, portanto)
fez um excelente trabalho, logo esta contratado.

explicativa  ( pois porque)
fiquem aqui, porque o professor já vem.

conjunção subordinativas:
causal ( porque)
choveu porque fez muito calor

condicional 
( se)
irei ao cinema, se não chover.

comparativa( como, do que)
ele é tão inteligente como tu (és)

conformativa (conforme)
fiz o dever conforme a professora pediu.

consecutiva( tão ...que)
está tão quente, que o asfalto derreteu.

concessiva( embora)
ela estudará português, embora não goste.

final ( a fim de que)
estudarei muito, a fim de passar no concurso.

proporcional ( à proporção que, à medida que ...)
uns entravam à proporção que os outros saíram.

temporal
 ( quando)
Todos chegaram, quando soou a campainha.

1 5 1
Comentário foi eliminado
artigo definido: indica um substantivo específico, individualizando. Pode ser singular ( o, a) ou plural( os, as). exemplos: (O) aluno resolveu ( a) questão. / (Os) alunos resolveram (as) questões.
artigo indefinido: indica o substantivo de modo vago, generalizante.Assinala um ser qualquer entre outros da mesma espécie. Pode ser singular ( um , uma) ou plural (uns, umas). exemplo: (Um) aluno do sexto ano resolveu (uma) questão que lhe apresentaram. / ( Uns) alunos do sexto ano resolveram (umas) questões que lhes apresentaram.
Espero ter ajudado!!!!!!
obrigado