Respostas

2014-02-23T20:19:24-03:00
Wallace acreditava que os seres vivos só se modificavam (evoluiam) quando necessitavam, e um descendente iria ter as mesmas características físicas do gerador (ex, alguém é nadador, seu filho vai ser também).

Porém esta teoria tem muitas falhas.

A teoria mais aceita é a de Charles Darwin, que propôs que alguns seres, ao serem criados, raramente (muito raramente) nascem com uma mutação (mudança) pequena no DNA. Estes seres, caso gerem descendentes, estes terão suas mesmas características.

Um exemplo disto é:

O uso de antibióticos pela raça humana: Os humanos (nós) descobriram os antibióticos e, assim, podemos acabar com as bactérias de vez! Basta ingerir em dose certa e é morte certeira. Mas ao longo de décadas, uma bactéria teve uma mudança no DNA que a fez mutar e ser resistente à um certo antibiótico. Agora, caso esta bactéria aí estiver em meu organismo, com várias outras que não são resistentes, e eu ingerir o remédio, irá matar todas as que não são resistentes porém aquela mutada irá permanecer com vida, e, assim pode reproduzir-se gerando mais bactérias com resistência a antibióticos.

Uma mutação genética pode ser:

FAVORÁVEL - Mutação beneficia o ser mutado, ou seja, como citei acima, o ser fica melhor adaptado ao ambiente, e, consequentemente poderá expandir a espécie.

LEVADA DE CARONA - Uma mutação que nem auxilia o ser, nem piora o mesmo. Esta é levada de carona nas próximas gerações.

DESFAVORÁVEL - Uma mutação que desfavoreça o ser, e, o mesmo irá provavelmente morrer. Exemplo : Um inseto verde, pode se esconder numa mata (que é verde) bem. Mas, caso ocorra uma mutação no gene do DNA que mude sua pigmentação na pele, e se torne mais roxo (exemplo), será visto por predadores muito mais facilmente e provavelmente irá morrer.
1 1 1
Comentário foi eliminado
por nada...