Respostas

2014-02-23T23:24:33-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Prezada,

Os navegantes e empreendedores portugueses e espanhóis ao empreender as grandes navegações desejavam comprar ou obter as especiarias (cravo, pimenta, pau-brasil, dentre outras) e conseguir vendê-las com uma margem de lucro de até 6.000%, como o obtido pelo navegante Vasco da Gama.
Buscavam, ainda, acessar e controlar zonas produtoras de ouro, como a Guiné na África.

Nesse sentido, a colonização ou invasão por Portugal das terras que hoje formam o Brasil requeriam um alto investimento e não trariam um retorno rápido nem seguro, tal como o proporcionados pelas especiarias. Já a Espanha, nos primeiros anos após a descoberta do continente, localizou grandes civilizações (incas e astecas) com enormes quantidades de ouro e prata, focando seus esforços no domínio dessas riquezas.

o pau-brasil, entre outros produtos comerciais interessantes das terras que seriam o Brasil não requeria a presença continuada no território, haja vista que sua obtenção era mais fácil através do escambo com os índios (eles cortavam a madeira em troca de bugigangas).  Por essas razões, as terras que seriam o Brasil não despertaram maior interesse de Portugal por cerca de 30 anos.

Ir para as Índias Orientais e ter acesso às especiarias diretas era, apesar de se assemelhar a irmos hoje a Marte, extremamente lucrativa, sendo esse um dos principais motivos das grandes navegações.

Bons estudos!
1 5 1
Otima resposta!!
Obrigado. Bons estudos!