Respostas

2014-03-07T18:37:05-03:00
Segundo a Convenção das Nações Unidas relativa ao Estatuto dos Refugiados, mais conhecida como Convenção de Genebra de 1951, refugiado é toda a pessoa que, em razão de fundados temores de perseguição devido à sua raça, religião, nacionalidade, associação a determinado grupo social ou opinião política, encontra-se fora de seu país de origem e que, por causa dos ditos temores, não pode ou não quer regressar ao mesmo.

Vêm pela própria via ou custeio próprio, barco, avião ou via terrestre. Um pequeno número de refugiados também chega em função do programa de reassentamento, que oferece uma solução para aqueles refugiados que continuaram a ter problemas de segurança no primeiro país ao qual chegam, ou que enfrentam insuperáveis impedimentos para a integração na nova sociedade. Por exemplo, a impossibilidade de obter documentação que lhes permita trabalhar, ou a impossibilidade de obter acesso à educação para os filhos menores - Esse caso está previsto na Convenção de 1951, o qual todo cidadão de um país que sente-se ameaçado e perseguido, porem enquadre-se na condição acima, pode solicitar asilo. É denominado de programa de reassentamento, firmado entre o Governo do Brasil e o ACNUR no ano de 1999. Os outros 15 países que atualmente participam no programa são: AustráliaBenimBurkina FasoCanadáChileDinamarcaFinlândiaIslândiaIrlandaBrasilPaíses BaixosNoruegaNova ZelândiaSuéciaSuíçaEstados UnidosCada país tem sua cota de reassentamento anual e critério de seleção próprio.
2014-03-07T23:25:07-03:00
Brasil - iraqueanos;

Itália - albaneses;

Turquia - sírios;

Uganda - sudaneses;

Austrália - timorenses.
1 1 1