Respostas

2014-03-07T21:29:48-03:00
O texto de Cruz e Sousa explicita duas características notórias do simbolismo: a musicalidade e o "cruzamento de sensações", a sinestesia. Aexploração das propriedades sonoras da palavra, o trabalho com a harmonia musical, através do emprego intensivo de aliterações, coliterações, ecos, assonâncias é o que resulta da proposta: "O vocábulo pode ser música ou pode ser trovão, conforme o caso", dentro da concepção simbolista que se entronca na tradição verlaineana da "Ia musique avant toute chose." A exploração intensiva das sinestesias, das sensações simultâneas, harmonizadas no mesmo ato da linguagem, fica evidente na passagem: "e é preciso uma rara percepção estética, uma nitidez visual, olfativa palatal e acústica, apuradíssima, para a exatidão da cor da forma e para a sensação do som e do saber da palavra" dentro da "teoria das correspondências" que Baudelaire postulava no célebre soneto "Correspondences".
Cruz e Souza alude ainda à "percepção estética", colocando-se além do sensorialismo positivista, que informou a estética realista.