Respostas

2014-03-11T16:16:29-03:00
O termo originario referia-se aos habitantes dos burgos, que eram cidades medievais cercadas por muros... os burgueses geralmente eram comerciantes e daí o nome passou a designar essa categoria economica, alem de banqueiros, grandes artesaos, industriais, etc. 

Sua origem se dá com a crise do feudalismo e a retomada do comércio... os produtos orientais trazidos pelos cruzados fascinaram os europeus... alem disso houve melhorias tecnicas no arado e no cultivo da terra, aumentando a populaçao... e como o modelo feudal nao dava conta de tanta gente, muitos servos foram ganhar a vida negociando os excedentes de produçao agricola, artesanatos, etc.... 
o comercio foi crescendo e com a chegada dos artigos arabes e indianos, não parou mais de crescer.

Papel comercial no renascimento: Comprando suas obras. 
O grande acúmulo de riquezas obtidas no comércio com o Oriente, formou uma poderosa classe de ricos mercadores, banqueiros e poderosos senhores. 
Esse grupo representava um mercado para as obras de arte, estimulando a produção intelectual. Muitos pensadores, pintores, escultores e arquitetos se tomaram protegidos dessa poderosa classe. 
À essa prática de proteger artistas e pensadores deu-se o nome de mecenato. Entre os principais mecenas podermos destacar os papas Alexandre II, Júlio II e Leão X. Também ricos merca­dores e políticos foram importantes mecenas, como, por exemplo, a família Médici.

Espero ter ajudado!!!