Respostas

2014-03-12T15:39:32-03:00
O aterro controlado é considerado uma solução intermediária entre o lixão e o aterro sanitário. É uma tentativa de transformar lixões em aterro.Primeiro, procura-se isolar a área de um antigo lixão com uma cobertura de manta plástica impermeável, para evitar que a água da chuva carregue mais chorume para os lençóis freáticos, e depois cria-se uma cobertura de terra com grama para não atrair animais que podem transmitir doenças.Nesse local, constroem-se chaminés para liberar os gases e se tenta captar o chorume por bombeamento, levando-o para cima da pilha de lixo. Dessa forma, diminui-se a eventual contaminação dos lençóis freáticos.Em seguida, suas laterais são revestidas com um plástico bem espesso, da mesma forma que um aterro sanitário. No entanto, muitos dos aterros controlados não apresentam a impermeabilização do terreno, nem tratamento do chorume e dos gases produzidos.Se não for bem feito, um aterro controlado pode se tornar um novo lixão.
2 5 2
2014-03-12T15:40:51-03:00
Existem 3 possíveis formas de disposição de resíduos em aterros: os aterros sanitários, para onde são destinados os resíduos de origem urbana (domésticos, comerciais, públicos, RSSS, etc.), industriais (somente resíduos de origem industrial considerados perigosos Classe I - NBR 10004) e os aterros controlados. (Obs.:os lixões não podem ser considerados formas adequadas de disposição de resíduos, apesar de sua disseminação!) Os aterros chamados de controlados, geralmente são antigos lixões que passaram por um processo de remediação da área do aterro, ou seja, isolamento do entorno para minimizar os efeitos do chorume gerado, canalização deste chorume para tratamento adequado, remoção dos gases produzidos em diferentes profundidades do aterro, recobrimento das células expostas na superfície, compactação adequada, e gerenciamento do recebimento de novos resíduos. O gerenciamento de todas essas caracterísitcas permitem que o aterro passe a ser controlado!
1 5 1