Respostas

2014-03-13T14:19:43-03:00
A região que atualmente compõe os Estados Unidos da América era originalmente habitado por nativos americanos. A história escrita dos Estados Unidos da América inicia-se, porém, a partir do início do século XVI, quando os primeiros exploradores europeus desembarcaram em diferentes regiões do atual Estados Unidos. Este artigo trata primariamente das regiões do continente americano que foram colonizadas pelos ingleses. 

Ao longo do final do século XVI, os ingleses iniciaram a colonização da América do Norte. As primeiras tentativas de colonização do continente norte-americano, notavelmente a Colônia de Roanoke, falharam, mas outras colônias foram logo estabelecidas. Os colonos que vieram ao Novo Mundo não eram um grupo homogêneo, mas sim pertenciam à uma variedade de diferentes grupos sociais e religiosos, que instalaram-se em diferentes partes da costa leste dos Estados Unidos no Oceano Atlântico. Os quakers da Pensilvânia, os puritanos da Nova Inglaterra, os assentadores em busca de ouro de Jamestown e os prisioneiros da Geórgia vieram ao novo continente por uma grande variedade de razões, e criaram colônias com diferentes estruturas políticas, sociais, religiosas e econômicas. Enquanto isto, o sudoeste e o sudeste dos Estados Unidos foram colonizados por espanhóis, e a região central, pelos franceses. Partes das Treze Colônias foram colonizadas primeiramente pelos suecos e pelos neerlandeses, mas foram capturadas pelos ingleses durante a década de 1660. 

Historiadores tipicamente reconhecem quatro regiões que tornariam-se posteriomente as Treze Colônias britânicas e o leste dos Estados Unidos: a Nova Inglaterra, as Colônias Intermediárias, as Colônias da Baía de Chesapeake e as Colônias Meridionais. 

A primeira colônia inglesa foi a Virgínia, que nasceu a partir da fundação da cidade de Jamestown, mas a efetiva ocupação e desenvolvimento da região levaria algumas décadas, ao longo das quais foram estabelecidas outras colônias na região sul: Maryland (colônia católica, em 1632) Carolina Do Norte e Carolina do Sul (1663) e Geórgia (1733). Nessas colônias desenvolveu-se a estrutura tradicional de produção, caracterizada pelo latifúndio monocultor, voltado para a exportação segundo os interesses da metrópole, utilizando o trabalho escravo africano. 
 
Por mais de um século Jamestown foi o único lugar da Virginia a que se poderia dar o nome de cidade. O foco central da vida dos colonos eram as isoladas plantações de tabaco. A maneira dispersa como os virginianos viviam retardou o aparecimento de igrejas e escolas, mas solidificou o caráter familiar na formação dos indivíduos.