Olá,
Alguém pode me ajudar com essa minha dúvida chata em gramática? Taí:

"Haveres"

"Quereres"

"Estares"



Ex:



"Os haveres financeiros da empresa (...)"

"O quereres e o estares sempre afim (...)"



Aqui essas palavras estão substantivadas, mas minha dúvida é quanto a formação delas:



Sufixação nominal: acréscimo do "es" ao verbo haver, querer e estar



OU



Derivação imprópria: mudança da classe gramatical dos verbos para
substantivo (haveres, quereres e estares são verbos no infinitivo
pessoal da 2° pessoa do singular)

Grata.

1
Descobri a resposta certa, se alguém precisar: os substantivos acima são DERIVAÇÕES IMPRÓPRIAS. Explicação: os verbos dos quais se derivam, embora irregulares, no infinitivo pessoal e algumas outras conjunções são conjugados seguindo a regra dos verbos regulares, logo nestas conjunções possuem o mesmo radical e por isso qualquer acréscimo a ele é considerado uma DESINÊNCIA VERBAL e não um afixo, por isso é incorreto dizer que a derivação desses substantivos é sufixal.
OBS: Me sentindo idiota por responder minha própria pergunta
Comentário foi eliminado
Isso acontece muito! E essa não foi uma pergunta qualquer :)
Bom saber disso o/

Respostas

2014-03-13T20:25:53-03:00
Veja a definição de Derivação imprópria:
- ocorre quando determinada palavra, sem sofrer qualquer acréscimo ou supressão em sua forma, muda de classe gramatical, nos seguintes processos:
a) os adjetivos passam a substantivos;
b) os particípios passam a substantivos ou a adjetivos;
c) os infinitivos passam a substantivos. (não é o seu caso, grifo acima)
d) os substantivos passam a adjetivos;
e) os adjetivos passam a advérbios
f) palavras invariáveis passam a substantivos;
g) substantivos próprios tornam-se comuns.

Os verbos colocados por você sofreram modificação - houve o acréscimo de afixo, no caso: sufixo), portanto não podemos falar em derivação imprópria e sim derivação sufixal, ou como você mesma colocou: sufixação nominal.
É isso!
1 5 1