1. Leia o texto abaixo e responda as questões sugeridas:Nos últimos meses, as prefeituras municipais de todo o Brasil, em especial as da Região Nordeste e Norte têm sofrido com a queda de suas receitas devido o Governo Federal ter reduzido a zero um imposto que beneficiou as montadoras de carro, mas que provocou o chamado “efeito dominó”, afetando os cofres de milhares de municípios pobres ou de renda per capita muito baixa.
(Jornal Folha de São Paulo, 20/03/2012)
a) Como você descreveria o tipo de texto acima?
b) Que linguagem foi usada para escrever esse texto?
c) Por que foi usado esse tipo de linguagem e não outro?

2. Leia trecho da canção a seguir e faça o que se pede:
Tenho visto tanto coisa nesse mundo de meu Deus
Coisas que prum cearense não existe explicação
Qualquer pinguinho de chuva fazer uma inundação
Moça se vestir de cobra e dizer que é distração
Vocês cá da capitá me adiscurpe essa expressão
No Ceará não tem disso não...
Tem disso não, tem disso não...(Luiz Gonzaga)
a) Que linguagem foi usada para escrever essa canção?
b) Essa linguagem atrapalhou o entendimento da ideia que o autor desejou transmitir?
c) Se essa música fosse escrita/cantada seguindo à risca a norma culta da língua, continuaria com a mesma beleza melódica?
d) Retire desta música palavras e expressões da linguagem coloquial e justifique o uso.

3. Compare os dois textos apresentados e explique as diferenças entre eles, considerando: as linguagens, os tipos de texto e as funções da linguagem de cada texto.

1

Respostas

2014-03-14T10:21:29-03:00
1) A) Tipo dissertativo-expositivo, pois apresenta informações sobre um fato específico, o descreve e apresenta suas características. Sua objetividade permite ao leitor que identifique claramente o tema central do texto. 
B)Linguagem formal. 
C) Em textos jornalísticos, geralmente é a utilizada a linguagem formal para evitar ambiguidades e estabelecer uma nitidez textual. 

2) A) Linguagem informal.
B) Não. Apesar do autor utilizar variantes regionais no texto, é possível entender a ideia central.
C) Não. A beleza melódica consiste na forma com o autor utiliza a linguagem. Se fosse um texto objetivo pautado na linguagem formal, certamente não haveria o mesmo efeito.
D) prum; cá; adiscurpe; tem disso não. Foram utilizadas de acordo com a variação que existe na linguagem regional do sertanejo.

3) O texto 1 é um texto do tipo dissertativo-expositivo. Ele é proveniente de um jornal e sua clareza e objetividade é característica. Nele é utilizada a linguagem formal, que segue as regras gramaticais, é coerente e coesa a fim de evitar ambiguidades na transmissão da informação. A função é referencial pois transmite informações objetivas sobre a situação.
O texto 2 é proveniente de uma música. Sabe-se que devido a permissividade literária, músicas e poemas, por exemplo, não tem, necessariamente de apresentar coerência e coesão. Esse texto apresenta coerência pois entendemos a ideia central, mas não apresenta coesão pois não está pautado em regras gramaticais. A linguagem é informal e a função predominante é a emotiva pois a mensagem centra-se nas emoções e sentimentos do autor, o que torna o texto completamente subjetivo e pessoal. 
2 5 2