A solubilidade do K2Cr207, a 20°C, é de 12g/100g de agua. Sabendo que uma solução foi preparada dissolvendo-se 20g do sal em 100g de agua a 60°C e que depois, sem manter em repouso, ela foi resfriada a 20°C, podemos afirmar que :

a) todo sal continuou na solução.
b) todo sal passou a formar um corpo de chão.
c) 8g de sal foi depositado no fundo do recipiente .
d) 12g do sal foi depositado no fundo do
recipiente.
e) 31g do sal passou a formar um corpo de chão.

1

Respostas

2014-03-17T12:04:33-03:00
Pra resolver essa questão é necessário um conhecimento mais teórico.
Sabendo que a concentração a 20 ºC é de 12g/100g de água, ou seja o máximo em g de  K_{2}  Cr_{2}  O_{7} que pode ser colocado em 100g de água, são 12 g.

Este é o limite, uma solução em seu limite está saturada.
Poderia colocar mais soluto porém ele não seria dissolvido na mesma temperatura.
Aumentando a temperatura o soluto seria dissolvido porém se diminuir a temperatura, cuidadosamente, a solução será muito mais concentrada, terá mais soluto nela do que seu limite e ela se torna supersaturada. Mas se o recipiente em que ela estiver contida for movido, balançado, agitado, enfim se não estiver em repouso a quantidade de soluto em excesso cairá, se depositando no fundo do recipiente.

Neste caso, depois de aumentada a temperatura, foram depositadas 20g de  K_{2} Cr_{2} O_{7} em 100 g de água. Logo depois a solução foi resfriada, sabendo que a 20 ºC a concentração limite é 12g/100g de água, então terá 8g a mais do que o limite.
20-12=8
A questão diz que,  sem manter em repouso ela foi resfriada a 20°C portanto o que foi colocado além do limite foi depositado no fundo do recipiente. 
Letra C
2 5 2