A identidade negra não surge da tomada de consciência de uma diferença de pigmentação ou de uma diferença biológica entre populações negras e brancas e/ou negras e amarelas. Ela resulta de um longo processo histórico que começa com o descobrimento, no século XV, do continente africano e de seus habitantes pelos navegadores portugueses, descobrimento esse que abriu o caminho às relações mercantilistas com a África, ao tráfico negreiro, à escravidão e, enfim, à colonização do continente africano e de seus povos.” kabengele Munanga, Algumas considerações sobre a diversidade e a identidade negra no Brasil. O Tráfico Negreiro:

1

Respostas

2014-03-18T17:41:29-03:00
a América fora o continente de maior demanda por africanos durante o período colonial mercantil; sua exploração ao longo dos séculos XIV e XV  garantiu o suporte econômico e financeiro as Grandes Navegações.
1 5 1