Tradução de Poema de Julio Cortázar:
Objetos Perdidos

Por veredas de sueño y habitaciones sordas
tus rendidos veranos me aceleran con sus cantos
Una cifra vigilante y sigilosa
va por los arrabales llamándome y llamándome
pero qué falta, dime, en la tarjeta diminuta
donde están tu nombre, tu calle y tu desvelo
si la cifra se mezcla con las letras del sueño,
si solamente estás donde ya no te busco.

2

Respostas

A melhor resposta!
2014-03-19T19:47:55-03:00
Para surdos e calçadas sono quartos verões acelerar seu me tornado com suas canções Uma figura vigilante e furtivo É na periferia chamando e chamando mas o que está faltando, diga-me, no pequeno cartão onde está o seu nome, sua rua e seu insone se o número é misturado com cartas de sono, se você é apenas onde você já não procuram
2 4 2
2014-03-19T19:49:29-03:00
Para surdos e calçadas sono quartos 
verões acelerar seu me tornado com suas canções 
Uma figura vigilante e furtivo
 É na periferia chamando e chamando 
mas o que está faltando, diga-me, no pequeno cartão 
onde está o seu nome, sua rua e seu insone 
se o número é misturado com cartas de sono,
 se você é apenas onde você já não procuram.
1 3 1