Respostas

2014-03-19T23:42:26-03:00
O não reconhecimento do atual governo fez com que um conflito politico passasse a se tornar um conflito militar.
1 1 1
2014-03-19T23:57:20-03:00
Primeiramente, o conflito era interno na Ucrânia e começou com a decisão do governo de se afastar da UE estreitando acordos que o país mantinha com a união e reforçando/mantendo os laços com a Rússia.
Porém a Ucrânia não é um país homogêneo, desde o fim da Guerra Fria a nação é dividida entre pró-Russos e pró-UE, a iniciativa do governo em favor de um lado gerou manifestações que foram violentamente reprimidas pela Polícia e Exército. 
Os protestos se tornaram violentos dos dois lados. 
Enquanto a população brigava entre si e com o Estado, a Rússia literalmente ' deu uma rasteira ' nos Ucrânianos e anexou a Criméia pra ela, desrespeitando qualquer noção de soberania nacional ou diplomacia. 
O gov Ucraniano dá declarações que não reconhecerá o englobamento da Criméia pela Rússia por um lado e ordena a retirada de suas próprias tropas da região por outro > o que ainda denota o primeiro conflito ''pró-Russia x Pró-UE'' 

  
1 1 1