Respostas

2014-03-21T12:21:05-03:00
Vou usar um sitação de um autor:

Professor Ludwig von Mises nos lembra:

Os proprietários das fábricas não tinham poderes para obrigar ninguém a aceitar um emprego nas suas empresas. Podiam apenas contratar pessoas que quisessem trabalhar pelos salários que lhes eram oferecidos. Mesmo que esses salários fossem baixos, eram ainda assim muito mais do que aqueles indigentes poderiam ganhar em qualquer outro lugar. É uma distorção dos fatos dizer que as fábricas arrancaram as donas de casa de seus lares ou as crianças de seus brinquedos. Essas mulheres não tinham como alimentar os seus filhos. Essas crianças estavam carentes e famintas. Seu único refúgio era a fábrica; salvou-as, no estrito senso do termo, de morrer de fome 
2014-03-21T12:41:06-03:00
Durante a revolução industrial a maioria da população era operaria, principalmente mulheres e crianças, o trabalho infantil foi muito explorado durante esse período, trabalhavam cerca de 18 horas por dia. Crianças trabalhavam (grande maioria) nas minas de carvão, sendo que muitas delas morriam por excesso de trabalho, da insalubridade do ambiente e da desnutrição. As mulheres gravidas, não tinham lisença a maternidade e ganhavam menos que homens.