Respostas

2014-04-01T17:27:36-03:00
A sociedade carolíngia era subdividida em classes e tinha características fortemente clientelistas, de modo que cada homem dependia de um outro, do qual, em troca de favores, obtinha proteção e remuneração. Todas estas prerrogativas se reproduziam em cascata até o mais baixo nível social – o dos escravos. Podemos subdividir a sociedade de então em dois grandes ramos: os livres e os servos.
O rei-imperador, condes, marqueses, bispos, abades, vassalos régios e vassalos menores constituíam a chamada casta nobre; os outros, proprietários de terras, homens livres, colonos, libertos, escravos ‘casados’ (ou seja, ligados a uma propriedade) e servos constituíam o povo. Formalmente, abaixo dos homens livres, todos estavam nivelados a uma mesma condição servil. A classe mais privilegiada, beneficiária de várias propriedades, estava isenta de pagar qualquer tipo de imposto ou taxa.

(Não esqueça de avaliar e classificar ^^)
1 5 1
Mttooo obgada msmo
Não há de quê.