Respostas

2014-04-03T20:27:35-03:00
A primeira descrição minuciosa e sistemática de um idioma foi realizada por volta do século 6 a.C. por um indiano chamado Panini. Ele elaborou uma gramática do sânscrito, língua sagrada da Índia. Mas só na Grécia antiga, a partir do século V a.C., teve início, de fato, a especulação racional sobre a linguagem. Como para os filósofos gregos linguagem e pensamento eram a mesma coisa, compreender o pensamento exigia estudar a linguagem. Aristóteles (384-322 a.C.), por exemplo, ao propor suas categorias do pensamento (substância, atributo, ação, etc.).
Estavam de fato propondo o que é hoje conhecido como classes gramaticais: substantivo, adjetivo, verbo, etc.m resumo, toda língua de cultura passaria por três estágios: arcaico, clássico e tardio. Não por acaso, o período clássico coincidiria com a fase de apogeu político e econômico do Estado em que é falada. Essa concepção levou os sábios alexandrinos a elegerem o grego do século V a.C., auge do poderio político e econômico de Atenas, como o modelo de língua a ser seguido. A gramática, definida como a “arte de escrever com correção e elegância”, tinha caráter eminentemente normativo, ou seja, era um conjunto de regras a ser seguido por todos os que pretendessem escrever bem.