Respostas

2014-04-03T21:06:30-03:00
A chamada política dos governadores foi uma criação de Campos Salles, quarto Presidente constitucional brasileiro. O 
Presidente da República apoiava os Governadores estaduais, e 
estes em troca do apoio , se comprometiam a eleger, nos 
seus respectivos Estados, os congressistas do Partido oficial. 
Era um verdadeiro rolo compressor, que esmagava os 
candidatos oposicionistas, havendo algumas unidades federativas, 
em que a bancada no Congresso, era composta 100% dos canditados oficiais. 
Funcionava como uma verdadeira troca de favores. o 
que assegurava a manutenção, no poder, das oligarquias esta- 
duais que, por sua vez, garantiam a eleição presidencial do 
sucessor indicado. 
Sistema este funcionou desde 1900 até 1954, e estava 
solidamente embasado em duas circunstâncias, básicas: 
1 - Coronelismo Os grandes fazendeiros, os donos 
de engenho, e latifundiários, recrutavam seus empre 
gados e os obrigavam a votar nos canditados 
por eles indicados. O prestígio do coronel era me 
dido pelo número de votos que canalizava a determinado candidato. 
2 - Comissões de Verificação Estas comissões 
compostas por deputados estaduais, com assento 
nas respectivas Assembléias, eram encarregadas de 
verificar e contar os votos, ( eram os TREs da 
época). Com o passar dos tempos, estas Comissões propiciaram enormes fraudes eleitorais, desvirtuando 
e alterando completamente a vontade do eleitorado. 

O coronelismo iniciou seu ocaso nas eleições 
presidencias de 1955, quando o populismo falava mais alto 
que as determinações dos coronéis, e com a rigorosa fisca 
lização eleitoral, então exercida pelos Juizes de Direito, agora 
transformados em Juizes Eleitorais, a vontade do povo era 
expressada de forma limpa e cristalina. 
1 5 1
Vc nao tem um resumo? :/
Isso é um resumo
A Política dos Governadores foi montada pelo presidente Campos Salles com o objetivo de garantir a colaboração entre o poder central e o poder dos estados. E como funcionava?
Era uma espécie de acordo nacional entre todas as oligarquias estaduais. O presidente da República nem queria saber qual era a oligarquia que estava dominando cada estava dominando cada estado. Ele simplesmente apoiava essa oligarquia e pronto. Em troca, esperava que as oligarquias dos estados também o apoiassem.