Respostas

2014-04-05T11:06:04-03:00
Partindo do pressuposto que o professor com curso de pedagogia, só poderá dar aulas até os anos iniciais do ensino fundamental, normamente, o que se cobra em concursos públicos, segue abaixo:
sendo para a educação infantil: a) Infância e Desenvolvimento Humano; o Brincar na educação infantil; a organização do tempo e do espaço na educação infantil; metodologias de trabalho na Educação Infantil; avaliação na educação infantil; currículo e atividades na Educação Infantil; interações e Aprendizagens na EI; a qualidade na educação infantil.   b) Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA (LEI 8.069, DE 13.07.1990); título I - das disposições preliminares; título II, capítulo I - do direito à vida e à saúde; capítulo II - do direito à liberdade, ao respeito e à dignidade; capítulo IV - do direito à educação, à cultura, ao esporte e ao Lazer.   C) Constituição Federal - Cap. Da Educação . art. 208.   D) Lei de Diretrizes e Bases da Educação Lei 9394/96. título I, II,III,IV; título V - capítulo I; capítulo II , seção II; capítulo V, título VI. Resolução CNE/CEB no 5, de 17 de dezembro de 2009 -   E) Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil.
PARA O ENSINO FUNDAMENTAL: A LISTA É MAIOR(ALÉM DA LEGISLAÇÃO ACIMA): Gestão escolar: a) Projeto pedagógico PERRENOUD, Philippe. A escola frente à complexidade. In:  . Ensinar: agir na urgência, decidir na incerteza. Porto Alegre: Artmed, 2001. b) Unidade Educacional como espaço de formação OLIVEIRA-Formosinho, Júlia. O desenvolvimento profissional das educadoras de infância: entre os saberes e os afetos, entre a sala e o mundo. In: MACHADO, Maria Lucia de A. (Org.). Encontros e desencontros em educação infantil. São Paulo: Cortez, 2002. c) Processo de Avaliação OLIVEIRA, Romualdo Portela de. Avaliações externas podem auxiliar o trabalho pedagógico da escola? In: SÃO PAULO (SP). Secretaria de Educação. Educação: fazer e aprender na cidade de São Paulo. São Paulo: Fundação Padre Anchieta, 2008.  d) O cotidiano escolar LERNER, Délia. É possível ler na escola? In: . Ler e escrever na escola: o real, o possível e o necessário. Porto Alegre: Artmed, 2002.   Currículos e Programas a) Saberes e práticas OLIVEIRA, Zilma Ramos de. O conhecimento enquanto rede de significações. In:  Educação infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002. cap. XVI. b) Desenvolvimento da competência leitora AUGUSTO , Silvana. Alfabetização inicial: um mundo a descobrir através das letras. In: SÃO PAULO (SP). Secretaria de Educação. Educação: fazer e aprender na cidade de São Paulo. São Paulo: Fundação Padre Anchieta, 2008. LERNER, Délia. Para transformar o ensino da leitura e da escrita. In: . Ler e escrever na escola: o real, o possível e o necessário. Porto Alegre: Artmed, 2002. FERREIRO, Emilia. Com todas as letras. São Paulo: Cortez, RIBEIRO, Vera M. Masagão (Org.) Educação de jovens e adultos: novos leitores, novas leituras. Campinas: Mercado. de Letras, ALB; São Paulo: Ação Educativa; 2001. (Coleção Leituras no Brasil).  SOLÉ, Isabel. Estratégias de leitura. Porto alegre: Artmed, 1998. WEISZ, Telma. O diálogo entre o ensino e a aprendizagem. São Paulo: Ática, 2000.
OBSERVAÇÃO: Esta lista serve apenas como parâmetro, pois a bibliografia muda de uma Prefeitura para outra, ou de uma banca para outra, porém a parte de legislação normalmente cai em todas as provas.
Espero ter ajudado!