Respostas

2014-04-06T20:50:49-03:00
                                    O tapete persa (em pahlavi bōb1 em persa farš فرش, significando "estender" e qāli)2 é uma parte essencial da arte e cultura persas. Atecelagem de tapetes é indubitavelmente uma das manifestações mais características da cultura e arte persas e remonta à antiga Pérsia.O luxo, a que se associam os tapetes persas, forma um surpreendente contraste com sua modesta origem entre as tribos nômades da Pérsia. O tapete era um bem necessário para proteger-se do inverno rigoroso. Posteriormente, converteu-se em um meio de expressão artística pela liberdade que possibilita principalmente a escolha de cores vivas e dos motivos empregados. Os segredos da tecelagem têm passado de geração em geração. Os artesãos utilizavam os insetos, as plantas, asraízes, as cascas e outros ingredientes como fonte de inspiração.A partir do século XVI, a tecelagem de tapetes se desenvolveu até converter-se em arte.Os tapetes persas podem ser divididos em três grupos: Farsh / 'Qālii'(para medida superior a 1,80x1,20 metro), Qālicheh (para medida igual ou menor a 1,80x1,20 metro), e tapetes nômades conhecidos porKilim, (incluindo o Zilu, significando tapete tôsco).2
1 5 1
2014-04-06T20:57:39-03:00


uma longa tradição de 25 séculos os persas registraram sua cultura e seus costumes em milhões de tapetes que compõe até hoje uma rica biblioteca estirada no chão.

para os desavisados pode parecer um simples assessório decorativo ainda que belo e caro.

mas o tapete persa é , antes de tudo , uma expressão cultural.È difícil achar no mundo algum artefato domestico tão identificado com seu lugar de origem quanto ele.

em cada ponto do tecido transparece a alma e a historia da civilização que ocupava , há milênios , a região onde hoje esta cidades com apartamentos e shoppings.

ESPERO TER TE AJUDADO   :-)

1 5 1