Respostas

A melhor resposta!
2014-04-07T16:36:54-03:00
Em troca de "favores", os coronéis exigiam que as pessoas votassem nos candidatos indicados por eles. Quem se negasse a votar, ficava sujeito à violência dos jagunços (capangas), que trabalhavam nas fazendas e eram os "homens de confiança" dos coronéis. Esses jagunços formavam grupos armados, que perseguiam os "inimigos" do coronel e, cumprindo ordens, controlavam o voto de cada eleitor já que, naquela época o voto era "em aberto", isto é, o eleitor declarava publicamente em quem estava votando.
Esse sistema de "voto em aberto" e dado sob pressão, ficou conhecido como "voto de cabresto": voto obrigado; imposto pelos coronéis

Além disso, também era comum a prática de fraude, para garantir a vitória eleitoral: documentos eram falsificados para que menores e analfabetos pudessem votar; pessoas já falecidas eram inscritas como eleitores; urnas eram violadas e os votos adulterados.
Também fraudava-se a contagem de votos.
2 5 2
2014-04-07T16:39:08-03:00
Era um sistema de controle poder político através dos votos, ou seja, os votos eram controlados, o coronel colocava seus capangas para fiscalizar o voto de seus empregados, sendo que eles devessem votar no candidato que o coronel decidisse.
1 4 1