A educação inclusiva só existe se forem introduzidas nas salas de aula estratégias e práticas diferentes daquelas que tradicionalmente se praticam (Sanches, 2005). Estas dependem largamente da atitude, conhecimento, competência e capacidades dos professores para inovarem e criarem contextos para um ensino que vá de encontro às necessidades e potenciais dos seus alunos. Assim, devemos entender a inclusão escolar como o processo de construção de:
uma escola para todos uma escola de todos uma escola para muitos uma escola especializada uma escola especial

1

Respostas

2014-04-08T00:19:45-03:00
Uma escola DE todos... Onde há todos os tipos de pessoas, com TUDO que de acesso as pessoas deficientes, para que TODOS utilizem, mesmo que não sejam deficientes...