Respostas

2014-04-08T23:41:29-03:00
Depende da visão posta em questão.
Usando como exemplo a filosofia grega na antiguidade (Sócrates, Platão, Aristóteles), a liberdade individual era essencial para o exercício das normas morais, de forma que chegavam a cultivar o ócio (negação ao trabalho manual), que não era visto sob conotação pejorativa (como é visto hoje em dia), mas como algo essencial ao exercício da politica, de modo que enquanto uns se dedicam exclusivamente ao trabalho manual (escravos), para que outros apresentem livres para o exercício da cidadania.
Mas para outros pensadores, como os do antigo regime (que defendiam o absolutismo, como Maquiavel, e Hobbes), cabia a uma pessoa a decisão de qual conduta moral seria a adequada, de acordo com os seus interesses, e poderia impor seu ideal de conduta moral para os outros, eliminando assim o sentido da liberdade individual.
Esse assunto pode ser considerado muito relativo, pode depender ate mesmo da própria interpretação de liberdade individual e normas morais, que acaba mudando constantemente ao longo da historia do pensamento

1 5 1