Respostas

2014-04-10T11:37:44-03:00
É o lugar onde ela se encontra, sendo SÍLABA TÔNICA a mais forte da palavra.

- Se for a última sílaba da palavra a tônica, chamamos a palavra de OXÍTONA [Exemplo: boné]
- Se for a penúltima sílaba a tônica, chamamos de PAROXÍTONA [Exemplo: tomada]
- Se for a antepenúltima sílaba a tônica, chamamos de PROPAROXÍTONA [Exemplo: matemática]
2014-04-10T11:38:40-03:00
A classificação do vocábulo quanto à posição da sílaba tônica é uma noção dispensável, desnecessária neste novo método, onde até as regras podem ser postas de lado, no aprendizado eficiente da acentuação.  No método tradicional, no entanto, essa noção é importante.  Então por que não explicá-la ao estudante, em vez de apenas pedir que aceite e decore nomenclatura? Enquanto a noção de classificação quanto ao número de sílaba é seguida de uma nomenclatura auto-explicativa, a da classificação quanto à posição da sílaba tônica tem uma nomenclatura complexa.  É fácil associar di a duas (dissílabo), tri a três (trissílabo) e poli a muitas (polissílabo).  Agora, por que paroxítono, por que átono? Para efeito de classificação quanto à sílaba tônica, consideramos as sílabas de trás para a frente.  O vocábulo Anápolis, por exemplo, não é acentuado na segunda sílaba; mas sim, na  antepenúltima. Explicar ao estudante que oxi significa extremidade; para significa quase, próximo; e pro quer dizer antes.  O elemento mórfico ton- quer dizer tonicidade.  G