Respostas

2014-04-11T22:09:08-03:00
O pensamento filosófico é questionador, representa uma ruptura quanto a atitude diante do saber recebido, já o mito (ou mitologia) é uma narrativa cujo conteúdo não se questiona.
A inteligibilidade na filosofia é procurada, já no mito é dada.
A filosofia rejeita o sobrenatural, recorre a argumentos, o mito cultua-o...

Espero que eu tenha conseguido te ajudar, já estudei esse assunto e isso é o que lembro dele. Boa noite
A melhor resposta!
2014-04-11T23:58:53-03:00
DIFERENÇAS: 
O pensamento filosófico é questionador, representa uma ruptura quanto à atitude diante do saber recebido – o mito é uma narrativa cujo conteúdo não se questiona.

A filosofia problematiza, convidando a discussão

A inteligibilidade na filosofia é procurada - no mito é dada.

A filosofia rejeita o sobrenatural, recorre a argumentos – o mito cultua-o.

SEMELHANÇAS:
O pensamento filosófico nascente ainda apresenta vinculações com o mito, quando relaciona a “ordem do mundo derivada de forças opostas que se equilibram reciprocamente, e a união dos opostos explica os fenômenos meteóricos, as estações do ano, o nascimento e a morte de tudo que vive” Existe aí uma continuidade no uso comum de certas estruturas de explicação dos fenômenos.

O aparecimento da filosofia é um fato histórico enraizado no passado, ou seja, em nossas origens (mito).

A produção literária – As grandes tragédias cujo conteúdo foram retirados dos mitos, porém o destino é questionado, ainda que no final a vontade dos deuses acabe se cumprindo. Esse questionamento nos remete à filosofia
1 5 1