Respostas

2014-04-13T11:28:13-03:00
A implantação de blocos econômicos regionais visa reduzir as barreiras para a circulação de capitais, mercadorias, serviços e pessoas entre os países, além de fortalecer a economia desses frente ao processo de globalização.São vários os tipos de integração que definem os blocos econômicos: as zonas de preferências tarifárias, o acordo de livre comércio, a união aduaneira, o mercado comum e a união econômica e monetária.A integração econômica europeia iniciou-se em 1950, quando a França e a Alemanha Ocidental formaram uma Cooperação Siderúrgica. Em 1952, formou-se a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço - CECA, com a participação desses dois países, além de outros quatro (Itália, Países Baixos, Luxemburgo e Bélgica).Em 1957, com a assinatura por parte desses seis países, do Tratado de Roma, iniciou-se a formação da Comunidade Econômica Europeia, ou Mercado Comum Europeu, que mais tarde, se transformou em União Europeia, a partir da assinatura do Tratado de Maastricht, em 1993.Ao longo dos anos a União Europeia sofreu diversas modificações, tanto em relação aos seus objetivos, como em relação a quantidade de membros. Atualmente a U.E. conta com 27 países membros. A U.E. caracteriza-se como uma União Econômica e Monetária, etapa mais avançada e complexa de constituição de um bloco econômico.Em anexo estou enviando um mapa com o ano e os países que foram aderindo ao bloco ao longo do tempo. Esse mapa está em formato .pdf. Para poder visualizar as camadas do mapa basta clicar na guia Layers conforme imagem a seguir. Observe que você poderá marcar ou desmarcar cada camada, bastando clicar no quadrado na frente dos nomes. Vale a pena visualizar por etapa os países que foram aderindo ao bloco econômico, iniciando pela Europa dos 6 até a Europa dos 27