Respostas

A melhor resposta!
2014-04-14T09:58:32-03:00
Carlos Marighella, foi um Baiano, nascido em Salvador em 05 de dezembro de 1911 e morto em 04 de novembro de 1969. Foi um dos principais organizadores da resistência contra o regime militar. Militante do Partido Comunista Brasileiro, foi considerado o inimigo público número um do regime militar. Foi preso várias vezes durante sua militância. Foi eleito em 1946, Deputado Federal pelo PCB, porém teve seu mandato cassado. Em 1964 foi baleado e preso por agentes do Departamento de Ordem Política e Social (DOPS) no interior de um cinema no Rio de Janeiro. Expulso do PCB em 1967, em 1968 fundou o grupo armado Ação Libertadora Nacional, que em conjunto com o MR-8 (movimento revolucionário 8 de outubro) sequestrou o embaixador americano Charles Elbrick. Marighella foi morto em São Paulo em 04 de novembro de 1969 por agentes do DOPS sobre o comando do Delegado Sergio Paranhos Fleury. Visto por alguns como guerrilheiro e por outros como herói, Carlos Marighella é parte da história do Brasil.  
2 5 2
Convém ainda ressaltar, que Marighella foi escritor e autor do Mini manual do guerrilheiro urbano, onde detalhavas praticas de guerrilha a serem usadas contra seus inimigos. Como toda a história tem dois lados, torna-se necessário informar aos menos desavisados que durante sua morte em confronto com políciais (agentes do DOPS), houve a morte de uma investigadora e um civil que passava pelo local. Seu principal objetivo era lutar contra o governo militar e antes contra a ditadura.