Respostas

2014-04-15T22:24:24-03:00
Devido ao pensamento de Platão e outros discípulos de Sócrates, os sofistas foram vistos apenas como um mercantilizadores do saber. Entretanto, com os estudos atuais e toda a reflexão histórico-crítica, os pensadores têm os apontado como grandes conhecedores e retórico de seu tempo que passavam seus conhecimentos aos que podiam remunerá-los (existem autores que afirmam que os sofistas também possuíam turmas gratuitas), sem ter por finalidade somente o caráter financeiro, mas antes a democratização do saber (LISBOA, 2011, p. 113-116). Com o intuito de conhecer seu método e suas ideias pretendemos aqui apresentá-los, para podermos fazer uma análise junto às características socráticas.O método sofista assumia um caráter de ensinamento dos saberes que obtinham de pensadores anteriores e também da capacidade de defender a ideias e pensamentos que o sujeito tinha. Sua característica mais marcante não é a busca do saber, mas antes de uma formação sobre os recursos da linguagem e também sobre a arquitetura das ideias pessoais em busca da conquista e vitória, retórico/oratória, do outro e seus argumentos.Além disso, deve-se a eles grandes conquistas, destacando-se três realizações:[...] os sofistas pela primeira vez na filosofia grega, desviaram o olhar da natureza e dirigiram-no mais amplamente para o homem; segundo, foram eles os primeiros a fazer do pensamento objeto de pensamento, dando início a uma crítica de suas condições, possibilidades e limites. E por último submeteram os padrões dos valores éticos a uma reflexão perfeitamente racional, com isso abrindo possibilidade de a ética ser tratada cientificamente, e de fazer-se dela um sistema filosófico coerente. (STÖRIG, 2009, p.120)Assim sendo, devemos superar o preconceito trazido no pensamento filosófico sobre os sofistas, como somente charlatões do saber e assumi-los também como pensadores da realidade humana e homens que distribuíam seu conhecimento a todos, mesmo que de forma remunerada. Ainda devemos ter consciência de seu papel significativo de atenção à reflexão antropológica e ética.