Respostas

2014-04-18T23:05:35-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Caro Mateus,

A Índia, em alguns anos, deverá ultrapassar a China e tornar-se o país com a maior população do mundo (pois o governo chinês impõe controle de natalidade, permitindo apenas um filho por família - caso a mulher engravide de mais um e não possa pagar uma enorme multa, ela é obrigada a abortar).  Desse modo, quase um em cada três pessoas do planeta vivem na Índia ou na China hoje.

Ambos os países estão enitre as maiores economias (ou seja, estão entre as nações mais ricas, apesar da grande parte da população ser pobre).

Outro fenômeno interessante quanto a essas duas nações consistem em que estimularam a vinda de empresas em razão do baixíssimo salário pago aos trabalhadores, bem como à pouca quantidade de direitos trabalhistas e previdenciários deles. Ou seja, é extremamente mais barato produzir na China que em outros locais, além é claro, que eles não se preocuparam com a poluição gerada, dentre outros problemas, tornando o país um dos locais com grande nível de poluição, contribuindo para a baixa expectativa de vida nesses países.

Nesse sentido, após conseguir que todos os tipos de empresas se instalassem no país, o governo chinês passou a estimular a formação educacional do povo, ao mesmo tempo em que utilizou todos os meios possíveis para adquirir conhecimento de como produzir produtos tecnológicos (a espionagem industrial e o suborno foram algumas dessas ferramentas).

Dessa maneira, a China se tornou o segundo país mais rico e poderoso do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Particularmente, considero isso perigoso, haja vista que se trata de um governo ditatorial do partido comunista, com grande número de perseguidos políticos e falta de liberdade.

A Índia, apesar de "democrática" apresenta gravíssimos problemas de saneamento, alfabetização, desigualdade social e de gênero, dentre outros potenciais problemas que podem levar a uma guerra civil e outros tipos de desestabilização política ligados aos problemas ambientais e as dificuldades em garantir alimentos para tantas pessoas.

Portanto, ambos os países não podem ser desconsiderados, haja vista que abrigam grande parte da humanidade, bem como são centros de produção de diversos produtos, principalmente eletrônicos como celulares, computadores, dentre outras ferramentas (que só são "relativamente" baratas com base na exploração dos cidadãos desses países). Assim, não é surpresa que a indústria de calçados brasileira tenha, em grande parte, sido levada para a China em razão da mão-de-obra quase escrava que eles oferecem. Como fato positivo, a China assumiu o papel de principal parceiro econômico da América Latina (inclusive do Brasil) e África, aproveitando-se dos produtos primários vendidos pelos países dessas regiões, o que possibilitou o crescimento econômico dessas nações nos últimos anos (se é sustentável ou não, isso é uma outra questão).

Bons estudos!
2 5 2
Só para finalizar, se não fosse o gigantesco crescimento econômico da China e da Índia nas duas últimas décadas, o mundo teria afundado com a crise econômica dos Estados Unidos e da Europa.
Bons estudos!
ok , obrigado vlw por ajudar
pode me enviar a fonte do site ou o nome do livro q vc usou ? preciso dela , Obrigado .
Mateus, isso é um pouco complicado, pois o que escrevi é um resumo de memória do que li, conversei, e ouvi de um enorme número de fontes sobre o assunto nos últimos 25 anos. Sugiro que faça referência a algumas reportagens da BBC, do Valor Econômico, de artigos do google acadêmico, do google livros, dentre outros materiais. Por nada.