Respostas

2014-04-19T17:27:15-03:00
Uma proteína pode conter milhares de aminoácidos, com sequência dessas unidades determinada pela informação genética contida no gene, um seguimento da molécula cromossômica. Portanto, todo o funcionamento de um organismo é conduzido pelo controle das moléculas de DNA. A partir do DNA ocorrem as transcrições, com a fabricação de RNAs: transportadores, ribossômicos e mensageiros. Esses elementos, cada um com incumbência peculiar no auxílio do processo de tradução, proporcionam a produção de uma ou várias proteínas. Portanto, as proteínas sintetizadas possuem características próprias, desempenhando funções específicas no organismo. Qualquer anormalidade genética, transcricional ou traducional (mutações ou eventuais erros), incidem diretamente sobre a proteína, comprometendo a forma e o funcionamento desta. Sendo assim tanto as proteínas sintetizadas no citoplasma quanto no retículo estão sujeitas a erros em sua conformação. As proteínas cujos erros não podem ser reparados são sinalizadas com Ubiquitina e levada ao proteossomo para degradação, voltando assim novamente a forma de aminoácidos.