Dois elementos A e B apresentam numero atômicos a 13 e 16Dois elementos A e B apresentam numero atômicos a 13 e 16 respectivamente. Ao reagirem entre si, eles formam um composto iônico do tipo:

a)AB
b)AB2
c)A2B
d)A2B3

Sei que dá a letra D, mas alguem poderia me explicar porque de ser a letra D?

1

Respostas

A melhor resposta!
2014-04-21T21:56:18-03:00
Fazendo a distribuição eletrônica destes dois elementos, fica da seguinte forma:

A: K- 2 , L- 8, M - 3
B: K- 2, L - 8, M- 6

Se a ligação é iônica, haverá uma transferencia de eletrons entre estes dois elementos para que fiquem estáveis, certo?
Primeiro, você deve saber quem vai doar seus elétrons e quem vai receber... isso pode ser analisado pela posição destes elementos na tabela periódica. Vendo isto, você sabe que então, B é mais eletronegativo que A... ou seja, ele tem mais afinidade por elétrons do que A. Então B vai receber estes elétron e A vai doar.

A transferência ocorre entre os elétrons da camada de valência. O elemento A precisa doar 3 elétrons e B precisa receber 2 elétrons (regra do octeto). Sendo assim, vamos tentar esquematizar:

1. "A" tem 3 elétrons disponíveis, mas doa apenas 2 para "B" (que fica estável)

2. Como ainda sobrou UM eletron livre em "A", é preciso de outro átomo de "B" para "roubar" este elétron que sobrou. Outro átomo de "B", então, recebe este elétron e o "A" finalmente fica estável. Mas este novo átomo de "B" recebeu APENAS 1 elétron... e ele precisa de 2 elétrons para ficar estável, certo?

3. Então OUTRO átomo de "A" se aproxima e doa UM dos seus 3 elétrons livres. Este segundo átomo de "B" portanto, consegue ficar estável. Mas o segundo átomo que apareceu de "A" ainda tem dois elétrons livres. Ele precisa doar todos para também se estabilizar.

4. Então OUTRO átomo de "B" se aproxima e "rouba" estes dois elétrons que estavam sobrando, ficando estável e deixando "A" também estável.

Assim você atingiu a estabilidade de todos eles. Se você for contar quantos átomos de cada elemento foram utilizados para atingir este equilíbrio, notará que foram: 2 átomos de A e 3 de B. Portanto a fórmula molecular será A2B3

1 5 1