Leia o texto abaixo:

A imaginação romântica projetava nesse tempo sem tempo, nessa Idade Média revestida de galas, os ideais da classe dominante, com vistas a resgatar valores não mais existentes, como o amor cortês, a coragem, as virtudes guerreiras, as virtudes cristãs etc, substituídos, na época do capitalismo emergente, pelo dinheiro, pelo lucro etc.

GOMES, Álvaro Cardoso. A voz itinerante: ensaio sobre o romance português contemporâneo. São Paulo: Edusp, 1993, p. 102.

A partir desse trecho são feitas duas afirmações.

a) O retorno à Idade Média efetuado por Eça de Queirós equivale ao de Alexandre Herculano e ao dos românticos em geral já que ele busca um “antiexemplo” na Idade Média.

b) O retorno à Idade Média efetuado por Eça de Queirós não equivale ao de Alexandre Herculano, já que a Idade Média não serve de contraponto à sua época – o determinismo abraçado por Eça fica claro, por exemplo, na seguinte passagem: “E a miséria tornara estes senhores mais bravios que lobos”.

Sobre essas afirmações pode-se dizer:

Escolha uma: a. Ambas estão incorretas. b. Ambas estão corretas. c. Só a primeira está correta. d. Só a segunda está correta.

1

Respostas

A melhor resposta!
2014-04-21T18:48:48-03:00
A rescusta A esta correta meu amigo.

1 5 1