Respostas

2014-04-26T16:31:14-03:00
Dando corpo à esperança milenarista, a Utopia do século XVI desenha a cidade ideal a partir da experiência do Novo Mundo. Ela empreende a viagem imaginária tomando como inspiração a viagem de descoberta. Digamos que a o Novo Mundo vem oferecer ao pensamento utópico a longínqua realidade de um tempo e de um espaço afinal tangíveis. Afinal, a idade do ouro existe do outro lado do Atlântico, numa ilha separada do mundo e cujos contornos circunscrevem outras formas de vida.

Lá habitam homens que respiram o ar puro e livre das florestas, homens cujos corações acompanham o ritmo do balouçar das árvores, cujos olhos se abrem sempre, cada manhã, em plena inocência.

A beleza física e a pureza moral desses Índios são expressão da sua natureza de seres intocados pelo pecado original. Homens naturais, alegres e amáveis, que habitam mundos harmoniosos que se julgavam perdidos, sem leis, sem regras, sem contrariedades. Crianças crescidas que desprezam o ouro e que por isso o dão com simplicidade aos marinheiros que chegam às suas praias.

Essas figuras arquetípicas aí ficam para sempre a apontar o caminho da da cidade perfeita, da lua, do sol, da cidade futura.
10 3 10
Obrigado, serviu para eu também.