Respostas

2014-04-27T00:50:08-03:00
F(x) = x +2 , essa é uma função afim simples
pode ser reescrita como y=x+2
ou melhor ainda y=ax +b, onde b representa o ponto que toca o eixo y, logo o gráfico toca no eixo y no ponto (0,2)
x+2 tem como gráfico uma reta , e ela toca o eixo x quando y=0, logo em x=-2.

então temos dois pontos fundamentais para ligar e fazermos uma reta, são eles os pontos (0,2) e (-2,0).
2 4 2
2014-04-27T01:05:20-03:00
Defina alguns valores para x e substitua na função. Normalmente se usa -2, -1, 0, 1 e 2.
Assim:
f(x)=x+2

f(-2)=-2+2=0
f(-1)=-1+2=1
f(0)=0+2=2
f(1)=1+2=3
f(2)=2+2=4

O plano cartesiano é formado por um eixo horizontal x e um vertical y, ou no caso f(x). Se pega cada um dos valores x adotados e os f(x) correspondentes. Cada par de valores corresponde a um ponto no gráfico, que depois são ligados por uma linha. Nossos pares são (-2,0), (-1,1), (0,2), (1,3), (2,4), o primeiro valor é x e o outro é y. Eles são como coordenadas, você acha os valores no eixo x e no y e marca onde se cruzam. Deixei meio marcadinho no gráfico o par de pontos (1,3) como exemplo. Como a equação é do primeiro grau, a linha é reta.
1 5 1
É desnecessário usar 5 pontos quando já se sabe que a função vai gerar uma reta, pode-se calcular só 2. Se for uma função do segundo grau, recomenda-se usar os 5 pontos mesmo, porque vai gerar uma parábola.
e o gráfico?
O gráfico ta anexo, clica na imagem embaixo da resposta que abre. Aqui ta aparecendo normal.
Se é o gráfico da função do segundo grau que vc ta falando, o que dá a parábola, eu não fiz porque não tinha a função na sua pergunta. Mas por exemplo, se a gente pegar f(x)=x², vão dar pontos (-2,4), (-1,1), (0,0), (1,1), (2,4), (3,9) e vai embora... no gráfico isso dá uma curva com concavidade pra cima, tocando com a "barriga" no ponto (0,0), onde os eixos cruzam, e sobem duas pontas que ficam cada vez mais próximo da vertical. não sei se deu pra entender muito bem, complicado sem desenho.