O desenvolvimento de alimentos transgênicos visa à criação deorganismos mais resistentes às pragas e/ou com diferentespropriedades físico-químicas. No entanto, pelo fato de os alimentostransgênicos serem organismos geneticamente modificados(OGM), têm surgido dúvidas e incertezas quanto às conseqüênciasdo seu uso.Um pesquisador cria uma forma transgênica do feijão contendo,ao mesmo tempo, resistência a um determinado inseticida e umacaracterística que diminui o tempo necessário de seu cozimento.Para isso, ele modifica, através de engenharia genética, doisgenes situados em cromossomos diferentes. Desta forma, eleobtém uma linhagem isogênica (de genes idênticos) contendo asalterações desejadas.Entretanto, por um erro no laboratório, surgem plantasheterozigotas para estes dois genes. Suponha que os alelosmodificados pelo pesquisador apresentem herança mendelianae que são recessivos em relação ao alelo selvagem. Do resultadode um cruzamento entre a planta heterozigota e uma transgênica,espera-se que a proporção de plantas resistentes ao inseticida eque não possuam menor tempo de cozimento seja de:

(A) 100%.(B) 50%.(C) 25%.(D) 12,5%.(E) 6,25%.

1
PS. preciso da explicação de como realizar a conta, a resposta ja sei...

Respostas

A melhor resposta!
2014-04-27T20:43:11-03:00
Sendo o a planta selvagem heterozigota (Aa) e a planta transgênica totalmente recessiva (aa) para a resistência ao inseticida, apos esse cruzamento a proporção esperada de plantas resistentes será de 50% ou 1/2. Novamente no cruzamentos entre a planta selvagem heterozigota (Bb) e a planta transgênica recessiva (bb) para a característica de cozimento terá uma proporção de 50% de proles que não possuem menor tempo de cozimento. sendo Assim, para saber a proporção de plantas com sementes com resistência ao inseticida e sem menor tempo de cozimento basta multiplicar as duas probabilidades: 1/2 * 1/2=1/4 ou 25%
1 5 1