Respostas

2014-04-30T11:08:37-03:00
IntroduçãoCada vez mais, laboratórios farmacêuticos encorajamdiretamente os consumidores a perguntaraos médicos por determinados medicamentos(nos Estados Unidos e na Nova Zelândia,onde a propaganda de medicamentos não temrestrições) e tratamentos (no Brasil e outros países,onde a propaganda de medicamentos nãopode incluir o nome do produto) que requeremprescrição médica por meio da propaganda Diretaao Consumidor (DC). Na realidade norteamericana,o uso de apelos emocionais na propagandaDC é intenso1 e preocupa2. No Brasil, apropaganda DC também é carregada de apelosemocionais3.Para maior poder de persuasão, alguns modelosde propaganda recomendam equiparar osapelos (racionais e/ou emocionais) à atitude doconsumidor sobre o produto (cognitiva e/ou afetiva).Recomendação discutível quando se tratade produtos potencialmente nocivos à saúde daspessoas, como remédios. Tratando-se de propagandade medicamentos, questões sociais, políticase éticas ganham relevo. Por isto, a sua utilizaçãoé regulamentada pela Resolução de DiretoriaColegiada 102/2000 da Agência Nacional de VigilânciaSanitária e orientada pelos Critérios Éticospara la Promoción de Medicamentos da OrganizaciónMundial de la Salud. O componente éticona propaganda de medicamentos merece atençãoespecial. Mas no escopo deste artigo, a discussãofoca as formas de persuasão utilizadaspela propaganda de medicamentos e seus efeitosno comportamento do consumidor.Mensagens que atentam para
Comentário foi eliminado
eu quero o link do yotube um video que mostre uma propaganda racional e moral entende