Respostas

2014-05-01T18:20:05-03:00

Principais consequências da Guerra Fria no mundo- Formação de alianças militares. Os países capitalistas, liderados pelos Estados Unidos, formaram a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte). Enquanto o bloco socialista, liderado pela União Soviética, formou o Pacto de Varsóvia.- Aumento da produção de armamentos no mundo, principalmente de armas nucleares pelas grandes potências.- Aumento de conflitos políticos e diplomáticos envolvendo Estados Unidos e União Soviética.- Desenvolvimento de redes de espionagem militar e política.- Apoio indireto, principalmente militar, por parte de Estados Unidos e URSS à golpes militares em países da África e América.- Extinção das relações econômicas, culturais e até esportivas entre os países do bloco capitalista e os do socialista.- Corrida Armamentista e Espacial entre Estados Unidos e União Soviética. Era uma forma de provar para o mundo a superioridade de um ou de outro sistema político-econômico.- Criação de sistemas de sabotagem militar e econômica de ambas as partes.- Aumento da propaganda anticomunista nos países capitalistas e de anticapitalista nos socialistas.- Desenvolvimento de um clima de medo, em muitos casos de pânico, entre as pessoas do mundo todo, relacionado à possibilidade de um conflito nuclear de proporções mundiais que poderia significar a destruição do planeta.- Existência de guerras e revoluções em vários países, que tinham como pano de fundo a Guerra Fria. Exemplos: Guerra da Coreia, Guerra do Vietnã e Revolução Cubana.- Perseguição política aos defensores do socialismo em alguns países capitalistas. E perseguição política aos defensores do capitalismo nos países socialistas. Consequências no BrasilDurante a Guerra Fria, o Brasil se alinhou ao bloco capitalista, liderado pelos Estados Unidos. As principais consequências foram as seguintes:- Rompimento de relações comerciais com a União Soviética.- Aumento no Brasil, principalmente durante a Ditadura Militar, das perseguições aos defensores do socialismo.- Aumento da influência política e econômica dos Estados Unidos no Brasil.